publicidade

A cidade e o entusiasmo da Emancipação 3 de 3 quinquênios 1950 - 1955

Período de transição entre o ferroviarismo (que começará a declinar) e o rodoviarismo que começará a aumentar, com desvantagem para Marcelino Ramos, uma consequência das conjunturas regional e nacional. O setor de ensino se desenvolve, muito, sustentando

1322
visualizações
01-01-1950 00:00:00

1950- 1955: Período de transição entre o ferroviarismo (que começará a declinar) e o rodoviarismo que começará a aumentar, com desvantagem para Marcelino Ramos, uma consequência das conjunturas regional e nacional. O setor de ensino se desenvolve, muito, sustentando o desenvolvimento do município. Ocupação dos lotes rurais do interior é quase completa.

1950: Círculo Operário Marcelinense com intensa atividade na cidade e cria equipe de futebol. Ministro da Viação e Obras Públicas. Dr. CLÓVIS PESTANA, visita Marcelino Ramos. Trabalham na rádio Salette: Jovino Martins, Sérgio Riede, Odilon Bender, Arnandio Luckmann, etc. É lançada a “ Pedra Fundamental” da construção do novo prédio do Clube Concórdia. CEE- Comissão Estadual de Energia Eletrica encampa a usina local. Criado o Tenis Clube de Marcelino Ramos. Em junho, circula, na cidade, polemica “carta anônima”. Fundado em 20 de abril o ROTARY CLUBE DE MARCELINO RAMOS. Pela primeira vez, circula na cidade, se fala em turismo “ MARCELINO RAMOS, CENTRO DE TURISMO”. Algumas famílias que adquiriram lotes rurais: Lopes, Arnold, Kaminski, Prediger, Sauer, May, entre outros.

1951: Algumas famílias que adquiriram lotes rurais: May, Franck, Silva, Rammov, entre outras. Padre José Júnior Vicente é pároco na Pároquia São Joao Batista.

1952: ANSELMO OSVIN LERMEN assume com prefeito eleito em 01-01-1952 até 31-12-1955. Prof WALDEMAR CAMILO RUAS, do Ministério da Educação realiza inspeção, e aprova, cursos ginasiais em Marcelino Ramos. Iniciam dois cursos ginasiais em Marcelino Ramos: do ginásio sinodal “Julio de Castilhos” e do Colégio Cristo Rei. IECLB projeta complexo educacional com várias edificações. Aterissa avião onde hoje é o Balneario, proesa do piloto marcelinense NILO GALLEGO.

Famílias que adquiriram lotes rurais: Alvez de Souza, Schallemberg, entre outras.

1953: Em junho, passa a funcionar a Inspetoria de Terras. Em 19 de setembro é rezada a primeira Missa Vespertina da Paróquia. Trabalham na Rádio Salete, Antônio Augusto, Laury Auler, Claudionor Rodrigues de Almeida, entre outros. Inauguração do Hospital Dr. Silveira. Padre Clorálio Caimi é pároco na Paroquia São Joao Batista. Completa-se a construção do novo prédio do Ginásio Sinodal “ Julio de Castilhos”. Famílias que adquiriram lotes rurais: Klein, Colla, Petersen, entre outras. É fundado o Grêmio Esportivo Estudantil.

1954: Instala-se o Posto de Saúde, com o Dr. Guido Nelson Medaglia como diretor. Em julho, os alunos do 4? ano ginasial do Ginásio Sinodal realizam a primeira viagem de estudos, ao Rio de Janeiro e São Paulo. Famílias que adquiriram lotes rurais: Kohwald, Zwiericz, Poletto, entre outras. Em dezembro, forma-se a primeira turma de ginasianos, no Ginásio Sinodal “Julio de Castilhos”.

Comentários

Voltar