publicidade

A vila e os Trilhos do Progresso 1 - 4 quinquênios 1920 - 1925

Com uma sociedade organizada, comercio forte, atividades culturais em franco desenvolvimento, a sociedade marcelinense entra na segunda década de sua existência, a luz dos “trilhos do progresso”. O governo estadual de Borges de Medeiros, havia recém encam

1035
visualizações
01-01-1920 00:00:00

1920-1925: Com uma sociedade organizada, comercio forte, atividades culturais em franco desenvolvimento, a sociedade marcelinense entra na segunda década de sua existência, a luz dos “trilhos do progresso”. O governo estadual de Borges de Medeiros, havia recém encampado a rede ferroviária gaúcha e criado a poderosa Viação Ferrea do Rio Grande do Sul.

1920: Funda-se o Clube Primavera, Clube Feminino. José Pinto Vieira é nomeado sub-intendente, por Erechim, a 01 de Novembro. Algumas famílias que adquiriram lotes rurais: Carvalho, Pereira, Ribeiro, Moura, Lenk, Perin, Haus, Maison, Silva, Passarini, Rezzadori, Ruhmke, entre outras. A 18 de junho é criada a V.F.R.G.S- Viação Férrea do Rio Grande do Sul, agora estadual.

1921: Surge a Sociedade Concórdia. Forma-se o GRUPO DE CANTORES do Clube Concórdia. Funda-se o Grêmio Esportivo Marcelinense, a 10 de Dezembro. Famílias que adquiriram lotes rurais: Furim, Ferreira, Miotto, Facchin, entre outros.

1922: Aparece o primeiro cinema: O BATACLAN. Albino Pfeiffer e Josefina Formighieri organizam a FESTA DE SÃO JOAO. A firma SAULE PAGNOCELLI & FILHOS, já é, nessa época, uma das maiores empresas comerciais da região. Algumas famílias que adquiriram lotes rurais: Pizzatto, Gerber, de Cesari, entre outras.

1923: Acontece o primeiro grande CARNAVAL do povoado, com vários blocos carnavalescos. Data provável do inicio das atividades da colonizadora Sociedade Territorial Mosele, Eberle, Arhons & Cia na região, a “Compania Mosele”, que se instalaria, posteriormente, com escritório, em  Marcelino Ramos.

1924: É instalado um Posto de Higiene no povoado. Chega da IECLB, vindo da Alemanha, o Pastor RICHARD HANNEMANN, com a esposa JOHANA. O professor ERICH SCHULZ pinta suas famosas “ Pranchas Desenhadas”, retratando o ambiente no Clube Concordia nos anos 20. Algumas famílias que adquiriram lotes rurais: Barbieri, Wosniak, Mattana, Wolgmuth, Assmann, Basso, Devenzi, Tarzzol, Liotto, Getter, Gernhardt, Kutzka, Felix, Sponchiado, entre outros.

Comentários

Voltar